terça-feira, 16 de agosto de 2016

Postado em:

Educação

Compartilhe!

A educação emancipadora, democrática, com valorização dos professores e demais trabalhadores e que impulsione o desenvolvimento econômico, científico, tecnológico e cultural do país é a base da atuação de Gilson Reis ao longo de sua vida, e por isso merece especial atenção em sua atua- ção parlamentar.
Gilson apoiou todas as lutas dos professores municipais e demais trabalhadores da educa- ção, pela valorização da carreira, melhores condições de trabalho e democracia no sistema educacional. Um dos principais desafios da cidade nos últimos anos, foi o debate e a elabora- ção do Plano Municipal de Educação (PME). Nele, a valorização dos profissionais da educação, a melhoria da qualidade do ensino e das condições de trabalho docente, a educação inclusiva e o respeito à diversidade a partir do ambiente escolar foram alguns dos destaques e temas de audi- ências públicas e seminários organizados pelo mandato, culminando com a apresentação de 112 emendas para aprimorar o Plano.

Já fizemos:

• Lei 10945/2016, que torna obrigatória a formação em curso superior de Educação Física para profissionais que desejem lecionar a matéria nos 1° e 2° ciclos do Ensino Fundamental. Gilson foi coautor do Projeto de Lei.
• PL 795/2013, que estabelece a equiparação salarial entre o Professor Municipal e o Professor para Educação Infantil do Município de Belo Horizonte. Aprovado em 1º turno, segue em tramitação.
• PL 347/2013, que destina os recursos recebidos em função dos royalties e fundos relativos ao petróleo, para a educação pública municipal, com prioridade para a ampliação de vagas da educação infantil, da educação inclusiva e valorização dos profissionais.
• Aprovação de 43 emendas ao Plano Municipal de Educação, tratando de financiamento da educação, qualidade no ensino, valorização profissional, educação inclusiva, entre outros temas.

Faremos mais:

Defender a democracia, a liberdade de pensamento e a inclusão como princípios fundamentais do processo educacional, por meio de ações legislativas como o Projeto de Lei da Escola Democrática;
Lutar pela universalização da educação infantil em tempo integral e pela unificação da carreira dos professores da rede municipal para equipar os salá- rios dos profissionais da educação infantil;
Fortalecer a democracia no ambiente escolar, com maior incentivo à participação dos trabalhadores, pais e alunos nos processos decisórios

0 comentários:

Postar um comentário