terça-feira, 16 de agosto de 2016

Postado em:

Igualdade na Diversidade

Compartilhe!


BH, assim como outras partes do Brasil, foi cenário de vá- rios casos de intolerância, preconceito e ódio, mas também respondeu a todas essas ações com muita luta e emponderamento. No mandado do vereador Gilson Reis a igualdade e diversidade tiveram vez e voz, e continuarão tendo.

✅ Já fizemos: 

Lei 10.890 que instituiu o Dia da Consciência Negra em BH.
• PL 1242/14 que define o dia 25 de julho como Dia Municipal da Mulher Negra, já aprovado pela Câmara.
Gilson protagonizou o debate sobre o respeito à diversidade de gênero, etnia, orientação sexual e crença religiosa no Plano Municipal de Educação.
Trabalhou pela realização da Parada LGBT e em projetos que criam o Dia do Orgulho LGBT e o direito ao uso do nome social.
Instituiu a Lei 10.850 que cria o Dia Municipal do Sukyo Mahikari, fortalecendo a prática desta importante arte oriental em nossa cidade.

Faremos mais:

A luta por igualdade e pelo respeito à diversidade é protagonizada por muitos indivíduos em Belo Horizonte. Para continuar promovendo esses valores, as principais propostas são: 

Lutar por políticas públicas de promoção da saúde da população LGBT.
Valorizar a cultura e religiosidade afrobrasileiras, com especial atenção às escolas.
Fortalecer as políticas públicas de inclusão e convivência harmônica entre os diversos segmentos sociais.
Apoiar a Parada LGBT e outras iniciativas que dêem visibilidade às lutas por inclusão de minorias sociais.

0 comentários:

Postar um comentário